Blog

Como classificar o grau de risco em empresas? Confira!

31 de março de 2022

Compartilhe

Como todo profissional de saúde e segurança do trabalho deve saber, a gestão de riscos operacionais (GRO) é elemento fundamental para o funcionamento saudável de uma organização. Além de reduzir os gastos com acidentes de trabalho e ajudar a oferecer os EPIs adequados para a sua equipe, a atenção às tabelas e procedimentos dessa área garante que a empresa mantenha-se regular perante o Estado.

Um momento importante para realizar uma GRO eficiente é a identificação do grau de risco da sua empresa. A partir disso, você consegue estabelecer um mapa completo com as intempéries envolvidas na sua atividade econômica, englobando os tipos de riscos e a listagem dos profissionais expostos a cada um.

Pensando nisso, nós elaboramos este artigo para ajudar você a classificar a sua empresa de acordo com a sua estrutura interna, incluindo uma explicação de cada grau de risco e dicas do que fazer a partir dessa definição. Confira!

O que é o Grau de Risco (GR)

Como classificar o grau de risco em empresas? Confira!

Em linhas gerais, o GR de uma empresa identifica ela perante o CENAE de acordo com a frequência sob a qual os seus colaboradores são expostos a algum tipo de risco. Elaborada de acordo com a atividade econômica de uma organização, a classificação acarreta obrigações de Saúde e Segurança do Trabalho, especialmente o dimensionamento do departamento responsável por elas.

Para entender qual é o grau de risco de uma empresa, basta verificar o Quadro 1 da NR 4. Lá, você deve procurar pela categoria e subdivisão correspondente à atuação do negócio analisado. Caso a sua empresa faça extração de petróleo e gás natural, por exemplo, será classificada com GR 4, o mais alto da tabela. Agora, se a atividade econômica for a incorporação de empreendimentos imobiliários, a categoria correspondente é GR 1.

Antes de você verificar a tabela, precisa entender exatamente o que significa cada gradação do GR. As classificações vão de 1 a 4, e abaixo você vai entender o que cada número nessa régua significa.

  • GR 1 (risco muito baixo): primeiro nível da classificação, diz respeito a empresas cuja probabilidade de oferecer riscos é baixa. Como consequência, as obrigações legais de saúde e segurança para essa categoria são menos complexas e numerosas;
  • GR 2 (risco baixo): enquadram-se nesse grau de risco organizações que expõem seus colaboradores a riscos de forma moderada. Os deveres regulamentares aqui, portanto, são maiores que nas empresas com GR 1;
  • GR 3 (risco médio): as empresas que regularmente trazem riscos para seus funcionários são categorizadas aqui. Dessa forma, o número de especialistas em engenharia de segurança e medicina do trabalho requeridos pela NR 4 é maior que nos graus anteriores;
  • GR 4 (risco alto): aqui ficam os estabelecimentos que oferecem riscos para sua equipe frequentemente. É o mais alto grau de risco, e a equipe especialista necessária também será maior.

Como o GR ajuda você a gerir riscos

Agora que você entendeu o que representa cada grau de risco, basta identificar a atividade da sua empresa no Quadro 1 da NR 4 e, depois, verificar as obrigações correspondentes no Quadro 2 da mesma. Nesse último quadro, você vai encontrar a quantidade de especialistas exigidos de acordo com o grau de risco e o número de colaboradores. O próximo passo é fazer um mapa de risco definitivo para a empresa e tomar medidas de GRO a partir disso.

Esperamos que nosso artigo ajude você a gerir os riscos operacionais da sua organização com mais agilidade e eficácia. Se você gostou do conteúdo e quer manter-se atualizado sobre as necessidades e novidades em Saúde e Segurança do Trabalho, assine a newsletter do SOC Blog!

Comentários

Para comprar soluções SOC

Whatsapp

Converse conosco para comprar soluções SOC.

Fale Conosco

Envie-nos e-mails com comentários, questões ou feedback

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

Saúde ocupacional

  • Cadastro de Exame
  • Tela de Digitação Rápida
  • SOCAPP
  • Gestão de Convocação
  • Guia de Encaminhamento
  • Pedido de Exames
  • Licença Médica
  • Gestão de FAP

Segurança no trabalho

  • Cadastro de Risco
  • GHE
  • Entrega de EPI
  • CIPA
  • Registro de Ocorrência
  • Atividades
  • Cursos

Estrutura Organizacional

  • Empresa
  • Unidade
  • Setor
  • Cargo
  • Funcionário
  • Importação Modelo I

Configurações Gerais

  • Navegação
  • Comandos básicos
  • Usuários e Perfil de Acessos
  • Configurações Pessoais
  • Gestão de Avisos
  • Log de Ações
  • Restrição de IP
  • Pesquisa Avançada
  • Parâmetros de Empresa Principal
  • Parâmetros Gerais

eSocial

  • Portal eSOCial
  • Mensageria SOC
  • Interface Específica com outros Sistemas

SOC Net

  • Visão do Credenciador
  • Visão do Credenciado

Gestão eletrônica de documentos

  • SOCGED
  • Biometria
  • Assinatura Digital

SOC Indicadores

  • Power BI
  • Painéis de Gráficos

Financeiro

  • Tabela de Preços
  • Produto e Serviço

Integrações Web Service

  • SOC Integrador
  • Exporta dados

Personalizações

  • Cadastro Dinâmico
  • Tipos de Ficha
  • Modelos Personalizados
  • ASO, Funcionário, entre outros.

Relatórios

  • Relatórios Agendados
  • PCMSO
  • PPRA

Para comprar soluções SOC

Brasil

0800 888 8888

Ou veja a nossa lista completa de números locais

Chat online

Converse conosco para comprar soluções SOC ou para esclarecimento de dúvidas

Fale Conosco

Envie-nos e-mails com comentários, questões ou feedback