Blog

Conheça as principais multas do eSocial SST!

12 de julho de 2022

Compartilhe

O eSocial para SST (Saúde e Segurança do Trabalho) é um projeto governamental que centralizou todas as informações trabalhistas, previdenciárias e tributárias dos empregados de todas as empresas brasileiras no mesmo sistema virtual. Dessa forma, estabeleceu-se nova forma de enviar os dados sobre os colaboradores.

Essa maneira de enviar os documentos é mais prática e menos burocrática, pois serão enviados somente três eventos:

  1. S-2210 — Comunicação de Acidente de Trabalho;
  2. S-2220 — Monitoramento da Saúde do Trabalhador;
  3. S-2240 — Condições Ambientais do Trabalho – Fatores de Risco.

Entretanto, o não envio de tais documentos pode gerar multas que podem chegar a até R$ 42.563,99 — dobrando em caso de reincidência. Essa decisão foi dada pela Portaria/MTP nº667/2021, que trouxe consequências às infrações e inadimplências trabalhistas. Neste post, vamos contar quais são as principais causas de multas do eSocial para SST. Confira!

Não informar admissões

Para não ser multada, a empresa deve fazer as admissões dos novos funcionários, com a devida inserção no sistema, até um dia antes do colaborador começar a trabalhar, de fato, na empresa. Neste caso, o valor da multa pode chegar a R$ 3 mil.

Não registrar funcionários

Nenhuma empresa pode contratar funcionários sem fazer o devido registro em carteira de trabalho, além de realizar o cadastro no eSocial. Essas ocorrências geram multas que podem chegar em até R$ 800 por empregado. Fora que a reincidência da mesma pode elevar o valor para até R$ 6 mil.

Não comunicar férias

No momento do início das férias de um funcionário, é preciso que o setor de recursos humanos da empresa faça a comunicação efetiva na plataforma do eSocial, visando evitar a multa de R$ 170 para a empresa.

Não comunicar alterações contratuais e cadastrais

Todas as empresas devem informar ao eSocial as alterações nos contratos de trabalho de seus funcionários, como na mudança de função na empresa. Isso é importante porque, no novo cargo, o trabalhador poderá estar exposto a riscos diferentes. As multas chegam a R$ 600 por funcionário.

Não comunicar acidentes de trabalho

Na ocorrência de acidentes de trabalho é preciso enviar o CAT (Comunicação de Acidente de Trabalho) até o primeiro dia útil do acidente, inclusive nos casos em que o colaborador não precisar se ausentar do trabalho. Em caso de óbito do funcionário, a comunicação será feita imediatamente. Nestes casos, a multa varia entre o limite mínimo e máximo do salário do funcionário.

E-Book Cultura de Segurança Horizontal

Não informar riscos do trabalho

É obrigatório às empresas fazer o Perfil Profissiográfico Previdenciário (PPP) — documento que fica disponível aos colaboradores para consulta dos riscos inerentes às suas funções: físicos, químicos e biológicos. A falta dessas informações gera multas pela não aplicação das regras de segurança e medicina do trabalho. As multas ficam entre R$ 1.812,87 a R$ 181.284,63.

Não monitorar a saúde do trabalhador

O não cumprimento das normas da Medicina do Trabalho ao não elaborar o PCMSO (Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional) dos seus funcionários gera multas que varia de R$ 1.436,53 a R$ 4.024,42. Por outro lado, se o colaborador não fizer os exames médicos obrigatórios ou fizer fora do prazo, a multa fica entre R$ 1.201,36 e R$ 3.494.50.

Não informar afastamentos temporários

Neste caso, o afastamento pode ser devido a vários motivos, como tratar problemas de saúde ou sair de licença-maternidade ou paternidade, entre outros. Aqui, o valor da multa será estipulado pelos fiscais trabalhistas, já que o tempo de afastamento e o motivo influenciarão no valor a ser pago. A multa fica entre R$ 1.812,87 a R$ 181.284,63.

Não comunicar o ASO

Periodicamente, as empresas precisam enviar ao eSocial um Atestado de Saúde Ocupacional (ASO) dos seus funcionários. Lembrando que este atestado é o resultado dos vários exames médicos feitos pelos colaboradores, sendo enviado:

  • antes do início das atividades na empresa;
  • no retorno ao trabalho após afastamentos;
  • nas mudanças de funções;
  • na demissão do funcionário.

Nestes casos, o valor da multa varia entre R$ 402,53 e R$ 4.025,33. Para evitar as multas do eSocial SST, a empresa precisa contar com uma assessoria, como uma empresa que ofereça gestão de SST como a SOC, ou mesmo o SOC SESMT.

Da mesma forma, as clínicas do trabalho que prestam serviços ocupacionais, realizando os exames clínicos nos funcionários de empresas, também devem utilizar um software integrado para poderem oferecer o envio das informações dos ASOs realizados ao eSocial.

Esperamos que as informações prestadas sejam úteis na prevenção do eSocial SST nas empresas e para as clínicas médicas. Conte conosco para a prevenção de tais ocorrências!

Agora que você já sabe como prevenir multas pelo eSocial SST, visite nossas redes sociais. Estamos no: Facebook, Instagram, Twitter, LinkedIn e YouTube.

EBook CTA - Horizontal

Comentários

Para comprar soluções SOC

Whatsapp

Converse conosco para comprar soluções SOC.

Fale Conosco

Envie-nos e-mails com comentários, questões ou feedback

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

Saúde ocupacional

  • Cadastro de Exame
  • Tela de Digitação Rápida
  • SOCAPP
  • Gestão de Convocação
  • Guia de Encaminhamento
  • Pedido de Exames
  • Licença Médica
  • Gestão de FAP

Segurança no trabalho

  • Cadastro de Risco
  • GHE
  • Entrega de EPI
  • CIPA
  • Registro de Ocorrência
  • Atividades
  • Cursos

Estrutura Organizacional

  • Empresa
  • Unidade
  • Setor
  • Cargo
  • Funcionário
  • Importação Modelo I

Configurações Gerais

  • Navegação
  • Comandos básicos
  • Usuários e Perfil de Acessos
  • Configurações Pessoais
  • Gestão de Avisos
  • Log de Ações
  • Restrição de IP
  • Pesquisa Avançada
  • Parâmetros de Empresa Principal
  • Parâmetros Gerais

eSocial

  • Portal eSOCial
  • Mensageria SOC
  • Interface Específica com outros Sistemas

SOC Net

  • Visão do Credenciador
  • Visão do Credenciado

Gestão eletrônica de documentos

  • SOCGED
  • Biometria
  • Assinatura Digital

SOC Indicadores

  • Power BI
  • Painéis de Gráficos

Financeiro

  • Tabela de Preços
  • Produto e Serviço

Integrações Web Service

  • SOC Integrador
  • Exporta dados

Personalizações

  • Cadastro Dinâmico
  • Tipos de Ficha
  • Modelos Personalizados
  • ASO, Funcionário, entre outros.

Relatórios

  • Relatórios Agendados
  • PCMSO
  • PPRA

Para comprar soluções SOC

Brasil

0800 888 8888

Ou veja a nossa lista completa de números locais

Chat online

Converse conosco para comprar soluções SOC ou para esclarecimento de dúvidas

Fale Conosco

Envie-nos e-mails com comentários, questões ou feedback