Blog

Homenagem do SOC ao Dia Internacional do Trabalhador

1 de maio de 2014

Compartilhe

Comemorado anualmente para homenagear trabalhadores em diversos países, o dia 1º de Maio também celebra a redução da jornada de trabalho

Dia do Trabalhador ou Dia Internacional dos Trabalhadores. Independente da nomenclatura, a data de 1º de Maio é celebrada anualmente em diversos países, em homenagem às conquistas trabalhistas colecionadas ao longo da humanidade, especialmente depois do processo de industrialização iniciado no século 19 na Europa e nos Estados Unidos. No entanto, a história mostra que não se trata apenas de um dia de luta e luto ou pela redução da jornada de trabalho, mas também pela conquista de outras reivindicações daqueles que produzem o desenvolvimento, riqueza e manutenção de uma sociedade justa e sustentável. No Brasil e outras nações, o importante dia possui decreto de feriado nacional.

No calendário litúrgico (da igreja católica), por exemplo, a data é celebrada em memória a São José Operário, justamente por se tratar do santo padroeiro dos trabalhadores. Mas foi em 1886, na industrializada cidade de Chicago (EUA), que o Dia do Trabalhador teve sua maior simbologia. Em 1º de maio deste ano, operários foram às ruas reivindicar melhores condições de trabalho. A redução da jornada ocupacional de 13 para oito horas por dia era o principal pedido. O movimento culminou numa greve geral e gerou conflitos posteriores entre policiais e trabalhadores. A manifestação teve como saldo a morte de dezenas de pessoas envolvidas nos confrontos, provocando revolta, gritos de justiça e enfrentamentos em outras partes do mundo.

Na intenção de homenagear os mortos daqueles conflitos, a Segunda Internacional Socialista, movimento ocorrido na cidade de Paris (FRA) em junho de 1889, criou o Dia Mundial do Trabalho. A data passou a ser comemorada de forma emblemática em 1º de maio de cada ano. No Brasil, a primeira celebração da data de que se tem registro ocorreu em Santos/SP, em meados de 1895, em uma iniciativa do Centro Socialista, fundado em 1889 por militantes políticos que atuavam no município portuário. Mas somente em 1925, o Dia dos Trabalhadores foi consolidado no Brasil, quando o então presidente da República Artur Bernardes baixou um decreto instituindo o 1º de Maio como feriado nacional.

Desde então, comícios, passeatas e shows ocorrem por todo o Brasil em celebração à data. Com Getúlio Vargas no poder, a partir da década de 30, a data ganhou status de dia oficial do trabalho. Ele a usava para anunciar as medidas do governo em prol dos trabalhadores, como a instituição e reajuste anual do salário mínimo. Ele governou o País como ditador por 15 anos e foi presidente eleito por mais quatro. Vargas criou o Ministério do Trabalho, atrelou os sindicatos ao Estado, regulamentou o trabalho da mulher e do menor e criou a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), garantindo férias, aposentadoria e jornada de trabalho diária de oito horas. A CLT foi o grande marco trabalhista de seu mandato.

Já na Assembleia Nacional Constituinte de 1988, promulgada sob a redemocratização do Brasil depois da ditadura militar, surgiram avanços como as férias remuneradas, o 13º salário, a multa de 40% por quebra de contrato trabalhista, a licença maternidade e o salário mínimo. “A busca por melhores relações de trabalho, direitos e felicidade plena do ser humano não parou. Esta luta é contínua e devemos nos esforçar para que todos os dias sejam do trabalhador, obtendo avanços, maturidade e ganhos mútuos na relação trabalho-emprego”, ressalta Alexandre Ehrenberger, diretor executivo do SOC – Software Integrado de Gestão Ocupacional.

Fatos importantes relacionados ao 1º de Maio no Brasil:

– 1º de maio de 1940 – O presidente Getúlio Vargas instituiu o salário mínimo para suprir as necessidades básicas de uma família (moradia, alimentação, saúde, vestuário, educação e lazer).

– 1º de maio de 1941 – Foi criada a Justiça do Trabalho, tendo como principal objetivo a solução de questões envolvendo as relações do trabalho e os direitos dos trabalhadores brasileiros.

Comentários

Deixe um comentário

Para comprar soluções SOC

Whatsapp

Converse conosco para comprar soluções SOC.

Fale Conosco

Envie-nos e-mails com comentários, questões ou feedback

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

Saúde ocupacional

  • Cadastro de Exame
  • Tela de Digitação Rápida
  • SOCAPP
  • Gestão de Convocação
  • Guia de Encaminhamento
  • Pedido de Exames
  • Licença Médica
  • Gestão de FAP

Segurança no trabalho

  • Cadastro de Risco
  • GHE
  • Entrega de EPI
  • CIPA
  • Registro de Ocorrência
  • Atividades
  • Cursos

Estrutura Organizacional

  • Empresa
  • Unidade
  • Setor
  • Cargo
  • Funcionário
  • Importação Modelo I

Configurações Gerais

  • Navegação
  • Comandos básicos
  • Usuários e Perfil de Acessos
  • Configurações Pessoais
  • Gestão de Avisos
  • Log de Ações
  • Restrição de IP
  • Pesquisa Avançada
  • Parâmetros de Empresa Principal
  • Parâmetros Gerais

eSocial

  • Portal eSOCial
  • Mensageria SOC
  • Interface Específica com outros Sistemas

SOC Net

  • Visão do Credenciador
  • Visão do Credenciado

Gestão eletrônica de documentos

  • SOCGED
  • Biometria
  • Assinatura Digital

SOC Indicadores

  • Power BI
  • Painéis de Gráficos

Financeiro

  • Tabela de Preços
  • Produto e Serviço

Integrações Web Service

  • SOC Integrador
  • Exporta dados

Personalizações

  • Cadastro Dinâmico
  • Tipos de Ficha
  • Modelos Personalizados
  • ASO, Funcionário, entre outros.

Relatórios

  • Relatórios Agendados
  • PCMSO
  • PPRA

Para comprar soluções SOC

Brasil

0800 888 8888

Ou veja a nossa lista completa de números locais

Chat online

Converse conosco para comprar soluções SOC ou para esclarecimento de dúvidas

Fale Conosco

Envie-nos e-mails com comentários, questões ou feedback